sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

O MUNDO SE PREPARA PARA UMA NOVA FORMA DE ESCOTISMO.



O 1 º Congresso de Educação Escoteiro Mundial reuniu pessoas de mais de 200 países e territórios onde o Escotismo existe. Durante três dias, os participantes e especialistas  partilharam, discutiram e debateram as suas experiências e conhecimentos em aspectos educacionais do Movimento Escoteiro. Este evento vai nos ajudar a apontar o caminho para a frente, olhando para o futuro para os métodos educacionais do Escotismo.

sábado, 28 de setembro de 2013

CHEFIA

Então hoje foi um daqueles dias. Mais um sábado com chuva. Alguns adultos deixam suas casas, enfrentam as intempéries mas estão sempre por lá, nas sedes dos grupos escoteiros.
Hoje após a participação no programa de TV Jornal do Almoço, escotistas do GESC e Maclarem  seguiram para suas respectivas atividades. A gurizada junto emoldurando esse quadro de extrema abnegação de todos.


Na sede do Maclarem tudo meio sereno. Chefe Elton mandando ver na reforma da sede, algumas queridas mães ali na frente de batalha, sempre nos dando suporte e a meninada tranquila.
Mas digo a todos, não é nada fácil. É árdua o trabalho...com recompensas inimagináveis, mas árduo.
O suporte que os pais no Maclaren tem dado a nós tem sido digno  de muito reconhecimento. Tem caras ali que estão a cinco anos firmes, outros nem tanto  tempo mas são figuras indispensáveis.
No decorrer da atividade pude dar uma pincelada no que vai ser nosso AJURI de 2013 com o tema Água : o mundo que queremos (confesso que não entendi bem esse slogan, me soa como se e eu quisesse viver em Gungam City). Fiz um rápido comentário sobre a  possível programação aos escoteiros. Programação essa que ainda está em fase de elaboração, mas já estimulou um bocado os meninos e meninas do Maclaren que ficaram doidos com o mapa do local onde vai ser o evento.
A atividade Jogos Vorazes promete ser uma das atividades de maior desafios de superação nos últimos AJURIs. A Jornada de aventura mostrará as riquezas do lugar e levarão a todos do ramo escoteiro experimentar diversos tipos de travessias. O Fogo de conselho elaborado pelos chefes de sobradinho e Arés  vai transformar o campo em um verdadeiro terreiro festivo onde os seres das mata, ents, salamandras, elfos, sacis e zumbis farão a noite estremecer. Enfim, vai ser no mínimo um grande reencontro de todos do distrito.


A tarde seguiu até o arriamento das bandeiras na boa . Vale destacar a atividade da chefe Pâmela que instruiu muito a gurizada nas leis escoteiras e principalmente o domínio que a chefe Vera teve com a alcateia. Sozinha com a gurizada dominou a galera de tal forma que eu não vi lobinho na sede hoje. Parabéns Vera.
Antes de sair, meu chefe de seção e diretor de escotismo me preparou um cafezinho, isso por si mostra a nossa integração uns com os outros e o bom convívio nos domínios do Maclaren. QUE ASSIM SEJA!

Sábado que vem tem Halloween da alcatéia do Maclaren!!!Vai ser show.





terça-feira, 2 de julho de 2013

Maclaren

HISTÓRIA

O nome do clã MacLaren é conhecido no gaélico como "Clann MHIC Labhrainn". As origens do clã são obscuras e permanecem especulativa, embora uma conta tradicional afirma descender de Lorn, filho de Erc, que desembarcou em Argyll em AD 503.
No entanto, não há provas concretas de Lorn sendo o progenitor da família. Outra, de origem mais provável do clã MacLaren é que ele nasce de um ramo de uma dinastia Celtica, tendo o seu nome a partir de um abade do século XIII, de Laurence Achtow.

Laurence Achtow

Esta teoria é apoiada pelo grito de guerra do clã, que é "Creag um Tuirc", que significa "Rocha Javalis". A rocha em questão fica perto Achtow em Balquhidder.




Os MacLarens eram um clã guerreiro e teve a sua quota de brigas com as famílias vizinhas, mas eles forjaram uma forte aliança com o poderoso clã Stewart, quando a filha da família MacLaren Stewart se casou com um senhor de Lorne, no século XV. O primeiro filho desta união, Dougal, passou a se tornar o progenitor dos famosos Stewarts de Appin.

Até o final do século XV, muitos membros do clã MacLaren tinham emigrado para servir com os militares na França e na Itália, e em meados do século XVI, eles foram descritos como um "clã quebrado".

Um ramo da família distinguiu-se na Suécia, por ocasião da Guerra dos Trinta Anos, e o escritor sueco moderno Carl G. Laurin é um dos muitos que carregam o nome do clã na Escandinávia.

CREST (BRASÃO)


Uma cabeça de leão coroado com uma coroa antiga de seis (quatro visível) pontos, entre dois ramos de louro, emissão da grinalda em ambos os lados da cabeça,. A palavra de ordem dentro do emblema da crista é "Creag AN TUIRC, que se traduz do gaélico escocês como" The Rock Javalis ".

TARTAN

Feito das cores Verde, vermelha, azul e amarela pode ser encontrado em variações mas sempre mantendo a cor e o desenho do xadrez. 



RELIGIÃO

Celtica


Nó da Trindade: Este símbolo tem vários significados, sendo um deles a fé. Simboliza a Deusa Tríplice dos antigos Celtas e a suaunidade, era muito comum encontrar este símbolo em arte celta e até mesmo em manuscritos. Foi também encontrado em moedas germânicas e Pedras de Runas (memoriais erguidos aos guerreiros falecidos escritos em Rúnico), sendo estas últimas uma tradição da Era Viking. Pode também significar algo perfeito, sem princípio nem fim, sendo muito popular em anéis de casamento celtas.
Após os celtas, este símbolo foi de certa forma apropriado e usado pelos cristãos para designar a Santa Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo.

segunda-feira, 10 de junho de 2013

SACO DE DORMIR PARA OS PEQUENINOS

É com grande satisfação que lançamos no mercado o sacos de dormir "Castorzinho" para crianças de 2 a 5 anos de idade, época em que os pequeninos não conseguem ficar cobertos nas noites frias de nossos invernos rigorosos do Sul . E também para aqueles que já querem se aventurar com seus pais em gostosos acampamentos a beira da fogueira.
Feito de Manta de Acrílico e forrado com Oxford além de garantir o calor em seu interior também ajuda aos pequenos na idade de 2 a 3 anos a não se enrolarem no próprio saco de dormir, podendo a criança se movimentar dentro dele tranquilamente sem ficar desconfortável.
Bastante estofado, porém leve. Não é impermeável, por isso o uso de um isolante térmico por baixo do saco de dormir, em acampamentos, é essencial.
.





Vem comum travesseirinho e é fechado com um ziper até em cima. Pode ser usado com um estofadinho para o local de brincadeira dos mais pequeninos com na hora de ver um filminho bem acomodado na sala.



DIMENSSÕES:
65cm x 1,20 cm (com travisseiro)

COMPRA:

Pelo telefone: (51) 80151317 - ou (51)3056 3503
ou pelo e-mail
racomun@hotmail.com

ou no



APENAS 
R$80,00 (não inclui frete)







quinta-feira, 2 de maio de 2013

VAMOS FALAR DE UNIFORME?

A palavra já diz tudo: UNIforme = forma única, unificar. Só aqui já mata a charada de muitos debates. Mas no nosso movimento escoteiro, que começou em um país que se obedece a hierarquia visto ser um país monárquico,  temos essa problemática do choque de cultura quando o ideal cai em um país "democrático", o que dá direito de qualquer um se expressar  e nessa confusão uma minoria resolve se impor através da idéia de que deve impor uma sugestão sua a fim de tentar ser lembrado ou alimentar seu próprio ego.
Assim chagamos no confuso uso de nosso uniforme.

O COMEÇO

Badem Powell quando sentiu necessidade de uniformizar suas patrulhas , após o Laboratório da Ilha de Brownsea, não só o fez em sua hierarquia com o sistema de patrulha como também em seus trajes que consistia em copiar o da  polícia Sul Africana.
 O uso do chapéu de abas largas, o lenço para diversos tipos de uso, a camisa caqui, a bermuda usada em ocasiões de muito calor  e as meias altas e grossas para se proteger das eventuais cobras e vegetações secas e rasteiras são detalhes que estavam lá nos anos em que B.P. viveu na Africa e organizou uma polícia local para manter uma certa ordem.



O uniforme escoteiro deveria ter essas características a fim de proteger os meninos em suas atividades ao ar livre e também de deixálos todos iguais. As patrulhas eram compostas de meninos de diferentes tipos de classes sociais mas ali , dentro de uma patrulha, deveriam ser todos iguais.

CARACTERÍSTICAS

O uniforme deveria ser folgado e não justo. Tanto camisa quanto bermudas. A cor caqui trazia um ar militar mas acima de tudo servi para esconder as eventuais manchas de terra as quais apareciam durante as atividades ao ar livre. A bermuda era escura, um azul marinho, servia com algo mais fresco, ventilado, com o uso das meias facilitava mais quando se molhavam em uma atividade onde tinham que entrar na água retirando apenas a meia para secar. Os SAPATOS entram para facilitar  a agilidade e muito para salvar os pés do escoteiros de resfriados possibilitando a ventilação e deixando os pés longes da umidade que as botas causam com o atrito da meia.

Foto de um escoteiro em 1910

HOJE AQUI E NO MUNDO

Hoje o  nosso uniforme não foge muito a regra estabelecida por B.P. no alvorecer do movimento. De cor caqui segue , segundo P.O.R. 2008 , as características estabelecidas por B.P. no Escotismo para Rapazes página 21. Suas Características estão bem claras mas deixam um lastro aberto para diversas aplicações que divergem ao que Badem Powell dizia  no Escotismo Para Rapazes, página 51 (edição comemorativa dos 100 anos) subtítulo USANDO UNIFORME.:
  "O uso correto do uniforme e a elegância na aparência de cada Escoteiro, individualmente, torna-o um motivo de crédito para o nosso movimento." 
Quando no final dos anos 70 e início dos anos 80 entrou o traje escoteiro achei uma verdadeira descaracterização do tradicionalismo scout. Algo muito  parecido com o uniforme que acabara de deixar na Força Aérea misturado com o uniforme da polícia militar de São Paulo (calças cinzas) .
 Para piorar o jeans entra em ação deixando em aberto a confusão até estar bem esclarecido que era jeans azul marinho. Não Jeans claro, Stone Washed pou outras variações. Resolvemos então levar sempre a sério o citado pelo B,P. mesmo estando descaracterizados como o traje andávamos o mais elegantes e arrumados  com garbo possivel.


O traje hoje é usado com muita displicência desuniformizando cada vez mais as tropas. Cada um adota o que quer e o exemplo dado pelos escotista é de mal a pior. Daí para a desmantelamento do sentido uniforme foi um pulo. Vejam na foto abaixo por exemplo.


Mas existe ainda quem resiste a displicência e tenta ir contra a conversa de "deixa assim" ou de "não podemos ser exigentes se não haverá desistências".  
Não sou contra o uso do traje mas que seja com decência  em várias partes do  mundo os escoteiros usam apenas uma camisa e lenço com traje, mas procuram pelo menos estarem descentes e alinhados, quando não muito  o mais semelhante possível e levando a regra básica a sério. O traje, roupa ou  uniforme tem que responder as necessidades das atividades dos scouts.





NOVO UNIFORME (TRAJE)

Agora a polêmica sobre o novo traje , ou uniforme, ou...Bem acho que o maior problema surgiu aí, onde apresentaram um novo vestuário escoteiro sem definir com usá-lo, quando e onde. Mas segundo está no face da UEB:
Os valores do novo vestuário irão sair essa semana, foram feitos orçamentos em mais de vinte empresas em todo o Brasil. A partir de junho estarão em pré-venda. Com um prazo de até dois anos para utilização dos Grupos.

São 21 opções de vestuário, onde o jovem e adulto irão utilizar o que acreditam ser o mais confortável para o uso. Os ramos lobinhos, escoteiro, sênior e pioneiro utilizam a cor azul, o escotista e dirigente usam o verde. Calçado, cinto e cobertura são livres. Distintivos não serão modificados.




Eu particularmente gostei do vestuário novo, não deixa de uniformizar apesar dos modelos serem diferentes mantém uma igualdade e tem as características iniciais da coisa toda. Folgado, prático e de cores que nos remetem a vida ao ar livre.
Bom vamos esperar no que dá.

sábado, 16 de março de 2013

DE VOLTA AOS DOMÍNIOS DO LEÃO.

Foi uma sensação de tranquilidade que eu nunca mais tinha sentido. Um misto de calma com novidades. Mas acima de tudo de voltar pra casa.
Alguma coisa me parecia que tinha sido ontem que eu estava lá e retornei de uma boa aventura. O que realmente me fez perceber que o tempo tinha passado é o tamanho de meus escoteiros que eram da tropa Santos Dumomt e Hoje estão sobre o crest de William Wallace. Estão crescidos, cavaleiros de verdade.
Bem então é isso, agora é seguir em frente e continuar o escotismo que plantei ali junto aos meus queridos chefes Daniel, Pamela, Xavier, Gisa, Vera, Dulce, Salete e o Pioneiro Luiz. Agora é o "leão que nos conduz".


quinta-feira, 14 de março de 2013

Finalmente um filme de escoteiros bom.


Quando assisti os primeiros minutos do filme Moonrise Kingdom logo lembrei de Francis Ford Coppola . Não era difícil ver o dedo dele por ali, mas na verdade de outro Coppola o Roman. Enfim.
Estava acostumado a ver filmes de escoteiros que beiravam o ridículo . A maioria deles fazem chacota com o nosso movimento, até porque os escoteiros americanos merecem isso e é lá que sai esses filmes. Mas esse em particular valeu o troco.

ATENÇÃO CHEFES...

O filme conta a história de um patrulheiro que se apaixona por  uma menina problemática e os dois resolvem fugir. Parace normal até aqui não fosse ambientado o filme, em uma ilha onde existe uma pequena comunidade beirando a chatice da vida monótona.
O que os dois fujões não esperavam era que os pais de Suzy (Bill Murray e Frances McDormand), o capitão Sharp (Bruce Willis) e o escoteiro-chefe Ward (Edward Norton) fizessem todo o possível para reencontrá-los.
É aí que começamos e ver que existe muita mensagem nessa busca, tanto para os chefes escoteiros quanto para os próprios escoteiros. Vai um alerta. Caso queiram passar o filme para gurizada, assistam primeiro. Não aparece nada que não seja normal mas lembramos que ali está tudo aquilo que um pré-adolescente quer fazer. Fugir usando técnicas de campo e de quebra com uma linda menina o que deixa a aventura um pouco mais animada. 

BOM PARA OS MENINOS

O mais legal é que o filme mostra a realidade de uma patrulha com seus contrastes de gênios e multicultura. O lider aparece em certa hora mostrando como deve ser um verdadeiro monitor e incentiva a dar a virada no filme. O espirito de equipe é bem empregado nas cenas e o comando pelos chefes em momentos de crise é outro exemplo bacaninha de se ver nesta película.

ALUGUEM JÁ, ESCOTISTAS. MAS ASSISTAM PRIMEIRO...



















sábado, 16 de fevereiro de 2013

Minha última atividade com o GESC O CAMPOREE.



Minha última missão com meus queridos escoteiros e escoteiras do GESC foi o Camporee.
Eles foram maravilhosos e a diretoria deste grupo implacável. Fica registrado então aqui os vídeos dessa boa caçada.
Abraços e quem sabe, nos vemos em mais uma dessas por aí.



segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

CAMPOREE - PREÇO DO ÔNIBUS



Preço das passagens para o CAMPOREE.

PARA OS COMPONENTES DO GESC:
R$ 43,00

PARA OS DEMAIS MEMBROS DO DISTRITO QUE VÃO JUNTO:
R$37,00

LEMBRAMOS QUE O BAGAGEIRO É PEQUENO, NÃO AVENDO MUITO ESPAÇO PARA CAIXAS DE PATRULHA. OTIMIZEM O MÁXIMO EM UMA POR GRUPO.

CAMPOREE - ÔNIBUS




Pessoal, o GESC disponibilizou um ônibus para irmos ao Camporee. Infelizmente ele não tem acomodações suficiente para todo os compnentes do distrito que vai ao Camporee.
Fechada a lista com 41 lugares coloco abaixo os horários.

SAÍDA EM FRENTE AO POLIESPORTIVO DO PARQUE DA OCKTOBERFEST
12H 30min
DIA 9 de Janeiro.

Pedimos que levem apenas uma caixa de patrulha por ramo ou que dividam entre suas mochilas os equipamentos necessários.
Como o Camporee vai fornecer todas as refeições, não há necessidade de levar muita coisa. Inclusive as ferramentas.

CAMPOREE - CONFERE, AÍ GENTE!


Segue abaixo a lista das patrulhas do GESC no Camporee e seus respectivos campos.

RAFAEL RODRIGUES AMORIMSANTA CRUZ 181 665746 ÁGUIA RS Tyrant
ARTHUR BODINI FREIRE DA ROCHA SANTA CRUZ 181 6797300 ÁGUIA RS Tyrant
ARTHUR SEBASTIANY ALVES SANTA CRUZ 181 6627323 ÁGUIA RS Tyrant
EDUARDO STEIN FORSTHOFER VERA CRUZ 72 5561647 ÁGUIA RS Tyrant
FELIPE WAGNER SANTA CRUZ 181 5116953 ÁGUIA RS Tyrant
LUCAS MADER NISHIMURA SANTA CRUZ 181 5996520 ÁGUIA RS Tyrant
MATEUS FRANCO ELSENBRUCH SANTA CRUZ 181 4701852 ÁGUIA RS Tyrant
MURIEL ALTMANN SANTA CRUZ 181 5715660 ÁGUIA RS Tyrant
THALES EDUARDO MÜLLER SANTA CRUZ 181 4458982 ÁGUIA RS Tyrant

JULIANA DANYLUK MADER SANTA CRUZ 181 6942636 FALCÃO RS Tyrant
ALICE ELVIRA TEIXEIRA SANTOS SANTA CRUZ 181 6627358 FALCÃO RS Tyrant
SOFIA BISCHOFF FISCHER SANTA CRUZ 181 6942725 FALCÃO RS Tyrant
MARINA BISCHOFF  FISCHER SANTA CRUZ 181 6942695 FALCÃO RS Tyrant
LUANA MONTES RIBEIRO CRAVO SANTA CRUZ 181 5715636 FALCÃO RS Tyrant
KALINI EDUARDA PADILHA RIBEIRO SANTA CRUZ 181 4458966 FALCÃO RS Tyrant
ANA PAULA LÜDTKE VERA CRUZ 72 5561701 FALCÃO RS Tyrant

SÊNIORS

SUBCAMPO 01 - TROPA 4 - PATRULHA 1 - (sem chefe ainda)
Leonardo A. P. Ribeiro
Nicholas J. Lopes
Nicolas R. Karnopp
Thanize J. Lopes


O local está marcado o mapa, a área Verde será destinada ao campo Escoteiro. Área Rocha os Sêniors.



ENTRADA DO PARQUE


.

ENTRADA DO CAMPO ESCOTEIRO